"QUE A ÁGUA SEJA REFRESCANTE. QUE O CAMINHO SEJA SUAVE. QUE A CASA SEJA HOSPITALEIRA. QUE O MENSAGEIRO CONDUZA EM PAZ NOSSA PALAVRA."
Benção Yoruba

quarta-feira, setembro 14, 2011

III Olimpíada Nacional em História do Brasil

As quatro equipes da EM Brigadeiro Eduardo Gomes realizando a 5ª fase da ONHB.
Um mês sem postar notícias, mas por ótima causa! As equipes UNIDEX, Fênix 1901, Gração de Valores e Sagacidade e Inteligência passaram por todas as etapas eliminatórias da III Olimpíada Nacional em História do Brasil. A charmosa Olimpíada, promovida pelo Museu Exploratório de Ciências da Unicamp, traz um olhar diferenciado, bem diferente daquele clássico e folclórico 'decoreba' atribuído à disciplina. É um trabalho de fôlego, pois envolve _caso a equipe participe de todas as fases_ cinco semanas de entrega à aventura de pesquisar, discutir, falar e saber ouvir. 
Na tarefa que nos levou à 5ª fase, cada equipe produziu um jornal. Foram necessárias entrevistas e caminhadas pela Ilha do Governador em busca de antigas fábricas e de trabalhadores que pudessem nos fornecer histórias de seus ofícios. Isto também é contar e ouvir histórias.
Ana Kelly, Ana Paula, Bruna, Camila, Jennifer, Laiane, Letícia, Lídia, Marcos Paulo, Nathália, Nicole e Rennan foram os melhores participantes que uma orientadora pode desejar: competentes, comprometidos, autônomos, curiosos, capazes de agir sob a pressão do tempo e das tarefas. Uma maturidade invejável !
Escrevo antes de saber o resultado final. Das 16.385 equipes que iniciaram, apenas 2.045 disputam as 300 vagas na Fase Final, em Campinas. Meus estudantes de 1° grau, de uma escola pública, competiram com equipes do 2° grau, incluindo as Escolas Técnicas. Sinto-me vitoriosa ! 

Valeu garotada, de qualquer maneira faremos uma festa: na Ilha do Governador ou em Campinas !

Um comentário:

Unknown disse...

Estão abertas as inscrições para a
4ª Olimpíada Nacional em História do Brasil

O Museu Exploratório de Ciências – Unicamp convoca estudantes e professores de todo o país a participarem da 4ª Olimpíada Nacional em História do Brasil. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas pelo site até dia 10 de agosto.
A Olimpíada Nacional em História do Brasil é uma iniciativa única na área de ciências humanas em todo o Brasil. Em 2011, a Olimpíada contou com mais de 65 mil inscritos, com representantes de todos os estados do território nacional.
Composta por cinco fases online e uma presencial, a competição envolve professores de história e alunos do oitavo e nono anos do Ensino Fundamental e das séries do Ensino Médio em um trabalho coletivo de estudar não apenas o conteúdo das questões propostas, mas de desenvolver um olhar crítico para a história. Dessa forma, é valorizado o processo de aprendizagem e construção do conhecimento. O contato direto com documentos históricos permite aos participantes trabalharem como historiadores, à medida que processam as informações exigidas nas respostas das questões em cada fase.
Este ano, a primeira fase terá início em 20 de agosto e a fase final presencial acontecerá nos dias 20 e 21 de outubro, na Universidade Estadual de Campinas.
O Museu Exploratório de Ciências custeará as passagens de avião de 37 equipes para participarem da final, selecionadas de acordo com sua pontuação nas fases online. Serão selecionadas: para cada estado da federação, a equipe com maior pontuação; a equipe de escola pública com maior pontuação em cada uma das cinco regiões do país (norte, nordeste, sudeste, sul e centro-oeste) e as cinco equipes de escola pública com maior pontuação, independente da região.
Os professores responsáveis por essas equipes serão convidados a permanecer na Unicamp para realizar um curso de capacitação de uma semana, com custos de hospedagem cobertos também pelo Museu, após a final da Olimpíada.
A Olimpíada premiará escolas, alunos e professores, com 60 medalhas de ouro, 100 de prata e 140 de bronze, além de certificados de participação para todos os inscritos e todas as escolas participantes.