"QUE A ÁGUA SEJA REFRESCANTE. QUE O CAMINHO SEJA SUAVE. QUE A CASA SEJA HOSPITALEIRA. QUE O MENSAGEIRO CONDUZA EM PAZ NOSSA PALAVRA."
Benção Yoruba

segunda-feira, março 31, 2008

Voz



Muitas vezes nos distanciamos de nossa Voz. Quando isto acontece, uma boa maneira de reencontrá-La é proferir as palavras ancestrais contidas nas histórias. Estas abrem caminhos, servem de canal para que essa Voz se expresse, se reconheça, assuma o seu lugar e tarefa no mundo.

As narrativas convidam / reverberam aspectos que a cultura de massas, do descartável e do simulacro tende a sufocar. Tarefa heróica, então, estar em um círculo e narrar. A voz do contador de histórias não é a voz da persona , desenvolvida para sermos bonzinhos e aceitos. A Voz sai do grande caldeirão alquímico que somos nós, é depositária do nosso Ouro. É nosso Ouro. É nosso lótus, que brota do lodo.

Buscar esta Voz não é fácil tarefa...

Contar histórias, esse atributo básico de todo ser humano, não é fácil tarefa...

Talvez por isso, contar histórias seja tão necessário.


IMAGEM: Vladimir Kush , Genealogy Tree

3 comentários:

Fátima Campilho disse...

E põe heróica e difícil!
Continuo tentando. Um dia econtro meu caminho.
Bjks.

Fátima Campilho disse...

Deixei um selinho da amizade lá no meu blog.
Abraços.

Marionete e Saúde disse...

Olá
Adoro visitar teu blog e ler um texto tão bonito como este.
Apareça para visitar o meu Blog Livro Animado - Livro Encantado.
Estou trabalhando com os contadores de histórias, a imaginação, a fantasia, cores e sabores.
http://marionetesaude.blogspot.com/
Um abraço
Bete EGB